30.12.11

o rochedo

Aquele silêncio que nos rodeava fazia com que os nervos aumentassem cada vez mais. Conseguia sentir o meu coração a bater tão forte como se quisesse saltar fora e entrar no teu peito. As ondas do mar eram a única melodia ali presente e até os pássaros estavam quietos observando todos os nossos passos. As marcas dos nossos pés ficavam marcadas naquela areia húmida enquanto eu desejava segui-las, só para passar aqueles segundos de novo contigo. Continuámos a andar até aquele rochedo. O mesmo rochedo de sempre. Aquele que ouve os nossos segredos e os guarda como se dele fossem. Aquele que sente tudo o que passamos, como se fosse a sua história. E nele se sentámos de novo. Desta vez era diferente. Há algum tempo que não íamos lá e a saudade que estava presente no meu ser tornou todo aquele sentimento mais forte. De repente, senti o vento a passar junto a mim, fazendo com que o meu cabelo tocasse no teu. Os minutos passavam, agora mais silenciosos do que nunca. A única coisa que conseguia ouvir era o meu coração. O meu olhar estava focado naquele mar infinito e o nervosismo que sentia não me permitia desviá-lo. Até que tu quebraste todo aquele silêncio e me disseste algo ao ouvido: “Precisava de te ter comigo, sabes?”. Aí eu consegui desviar o olhar e focar o teu. “Já tens.” - disse eu. “Tu sabes a que me refiro. A tua presença já não chega. Faltam-me os teus abraços e os teus beijos. Nunca senti tanto a falta de algo como sinto a tua. És tudo o que mais preciso. Preciso de te ter junto a mim, como se fôssemos um só.” Atrapalhada e sem resposta, abracei-te como nunca antes o tinha feito. “Amo-te miúda!” – disseste. Olhei para ti, de novo, com as palavras escritas no meu olhar, sem precisar dizer nada. Reparei que tinhas percebido o que te queria dizer, pois logo te aproximaste de mim e me beijaste. Era algo que eu já esperava há muito. No fim, agarraste a minha mão. Sentia-te agora mais distante. Talvez começasse agora a concordar contigo e a tua presença já não chegasse. Tal como tu, precisava de te ter junto a mim, como se fôssemos um só. Olhei-te de novo e disse “És só tu que eu quero, já há muito tempo.Antes de te conhecer, já te queria. És tudo o que eu sempre sonhei.” E sim. És tudo o que eu sempre sonhei. Pois, abri os olhos e logo vi que tudo não tinha passado apenas de um sonho.

84 comentários:

  1. foi a única maneira que arranjei para descarregar a raiva :\
    obrigado, e tu também, bom ano novo!

    ResponderEliminar
  2. ainda bem que tens essa opinião, aconchega-me o coração <3
    " e sim. és tudo o que eu sempre sonhei. Pois, abri os olhos e logo vi que tudo não tinha passado apenas de um sonho " e isto aqui surpreendeu-me até porque oh, foi tão profundo.

    ResponderEliminar
  3. vou tentar lembrar-me disso cada vez que me apetecer fazê-lo :x

    ResponderEliminar
  4. gostarias de ter terminado de outra forma mas isso não põe em causa de estar um texto muito bonito, porque oh, ele está c:
    não sejas exagerada mas olha, ainda be, que achas isso c:

    ResponderEliminar
  5. também gostei muito. que belas palavras. sigo

    ResponderEliminar
  6. continua a mimar-me desta forma que eu não arredo pé deste teu cantinho <3

    ResponderEliminar
  7. óh, obrigada, a sério *.*
    também vou seguir o teu (;

    ResponderEliminar
  8. oh, mas eu acho que não vou meter :x

    ResponderEliminar
  9. Adoro o blog e o post *-*
    Sigo :)

    ResponderEliminar
  10. eu tenho dois episódios num blog privado, queres ver? vais ver que eu tenho razão quando digo que está mau.

    ResponderEliminar
  11. tens é de me mandar o teu mail c:

    ResponderEliminar
  12. obrigado :)
    e bom ano docinho :D

    ResponderEliminar
  13. obrigada fofinha, também sigo :)

    ResponderEliminar
  14. Obrigada querida, também adorei o teu e sigo-te <3

    ResponderEliminar
  15. Ainda bem que gostas-te e obrigada.
    O teu também está muito bonito e também vou seguir (:

    ResponderEliminar
  16. muito obrigada para ti também..

    ResponderEliminar
  17. desculpa, ontem saí do computador e esqueci-me de avisar, vou já mandar s:

    ResponderEliminar
  18. obrigada, sigo de volta* bom ano!

    ResponderEliminar
  19. obrigada por seguires, vou seguir também, beijoca e bom ano*

    ResponderEliminar
  20. mt obrigada e bom ano 2012 :)

    ResponderEliminar
  21. muito obrigado* sigo também, com muito gosto!
    adorei o blog (:
    bom ano novo*

    ResponderEliminar
  22. muito obrigada e também adoro o teu texto, está lindo <3
    sigo!

    ResponderEliminar
  23. gostei muito do blog , sigo (:
    bom ano *

    ResponderEliminar
  24. Muito obrigada, pela opinião e por me seguires*
    Bom ano!

    ResponderEliminar
  25. muito, mas muito obrigada. fico imensamente feliz por teres gostado do meu blogue e por me seguires. se queres que te diga, escreves demasiado bem para escreveres só para a blogosfera. muita sorte e felicidade para este 2012 próspero. e sim, concordo contigo, a voz da maddie é simplesmente linda (:

    ResponderEliminar
  26. Obrigada minha querida, tambem te sigo

    ResponderEliminar
  27. Adorei o teu blogue :$
    Está muito bom , estou a seguir :$$

    ResponderEliminar
  28. fui passar em casa de uns amigos fofinha :)
    como correu a tua?

    ResponderEliminar
  29. também :D
    normalmente não costumo gostar das passagens de ano, nunca correm bem, mas está por acaso até correu muito bem

    ResponderEliminar
  30. po ano vai ser muito muito melhor, vais ver :D

    ResponderEliminar
  31. eu amo ambos mas nem sempre corre bem, e aniversários o mesmo, mas este ano vai correr bem :D

    ResponderEliminar
  32. o texto está lindo e oh, adorava que ele se realizasse se assim tu quisesses.
    vou seguir-te, ainda não o fiz mas ainda estou a tempo!

    ResponderEliminar
  33. interesante espacio el tuyo,
    si te gusta poesía invito a mis blogs.
    ¡¡Feliz año 2012!!
    un abrazo.

    ResponderEliminar
  34. Olá linda quando você abre o espaço para seus fãs se comunicar comigo, obrigado.
    um abraço.

    ResponderEliminar
  35. não esperes que ele se realize sozinho, tens que ser tu a fazer por isso.

    ResponderEliminar
  36. obrigada, tbm sigooo
    amo a musica

    ResponderEliminar
  37. adorei o texto, está lindo!
    vou seguir o blog :)

    ResponderEliminar
  38. há algum tempo que não via cá , mas depois de ler este teu texto cheio de sentimento, apenas percebi que escreves cada vez melhor. e deixa lá. sonhar faz bem. nem que seja por apenas um momen
    to

    ResponderEliminar
  39. não postei mais nenhuma parte, depois daquela ultima que viste, aliás, eu já tinha umas 14 páginas de história em word, por volta disso, mas aconteceram umas coisas .. que me fizeram desistir da história :x

    ResponderEliminar
  40. nem a tinha acabado ainda, e nem estava a imaginar o fim, mas pode ser que mais tarde ou mais cedo volte a reescreve-la <3

    ResponderEliminar
  41. bem, parece que agora será impossível fazê-la .. o meu computador foi para arranjar na semana passada, e agora reparei que a história se perdeu toda :x

    ResponderEliminar
  42. Está lindo, sigo com muito gosto.
    Gostava muito que passasses pelo meu, desses a tua opinião e se gostasses, seguisses * http://voltar-ao-inicio.blogspot.com/
    beijinhos e bom fim de semana *
    P.S- como se chama esta musica linda minha querida* ?

    ResponderEliminar
  43. olá seguidora , *-* ; tenho uma sondagem no meu blog , e gostava que pudesses ir lá votar , gostaria de saber as várias opiniões . espero que possas dar uma vista de olhos , obrigada (:

    ResponderEliminar